Menu->>>>     

18o Okinawa Festival 
Associação Okinawa de Vila Carrão

Blog Okinawa Festival

 

05/08 - Agradecemos sempe pela nosa saúde. Mas, infelizmente muitas pessoas não tem a mesma condição que a nossa, e precisam de assistência. Sem a ajuda de voluntários e doações, estas entidades assitenciais não tem como manter os internos em condições ideais. Não deixe de fazer a doação de 1 kg de alimento não perecível. Este ano, foram selecionadas 11 entidades para receber as doações, e dividido criteriosamente de acordo com o numero de internos e condições da entidade. 

 

Entrega de doações para Entidades Assistenciais 

 

Sábado (18:00h)

1-Assistência Social Dom José Gaspar Ikoi-No-Sono

2- Casa da Infância Clara Nunes

3- Ong – Futurong Ação, Sócio Cultural

4- Associação Benção De Paz

5- Associação Pro Excepcionais Kodomo-No-Sono

6- CMK Centro de Apoio À Criança Com Cancer – Marta Kuboyama

 

Domingo (17:35h)

1-Kibo-No-Iê – Sociedade Beneficente Casa da Esperança

2- Lar Da Infância de Nice

3- Centro Espírita Redentor

4- Lar Mãos Estendidas

5- Casa do Cristo Redentor

 

 

04/08 - Como os Uchinanchu vieram para o Brasil? Imaginem que no início do sec.XX, o Japão tinha uma situação de alta densidade demográfica e situação econômica ruim. Assim, uma solução seria a emigração. Em Okinawa, quem deu início a este movimnto foi o Sr. Toyama Kyuzo, em 1898. O pai da emigração Toyama Kyuzo será o tema da palestra do estudioso Shinhei Ikehara. Não perca! Sábado dia 6/8 no Espaço Cultural, as 13h (chegue antes). Espaço Cultural

 

04/08 - Yuimaaru, palavra do uchinaaguchi que significa ajuda mútua. Foi com este espírito, que os uchinanchu chegaram a Vila Carrão praticamente só com a roupa do corpo e prosperaram. Em bom portugês Yuimaaru é semelhante a "Uma andorinha não faz o verão", "A união faz a força". Esta semana está sendo de trabalho pesado no Clube Manchester, onde voluntários se unem para que o festival esteja pronto, com a melhor infra estrutura e segurança para o público. Mas o trabalho não acaba no domingo, depois que o público vai embora, começa a segunda parte, a desmontagem das estrtuturas, limpeza, e entrega do Clube Manchester do jeito que nos foi cedido, limpo e com tudo funcionando. Ippee nifee deebiru! (Muito obrigado!) Entenda os bastidores

 

03/08 - Ultraman é uchinanchu! Essa você não sabia né? A série Ultraman dos anos 60 foi escrita por Tetsuo Kinjo, nascido em 1938 na província de Okinawa. Foi um dos precursores so super heróis japoneses pelo mundo. Mais recentemente, em Okinawa produziram a série Ryujin Mabuyer, mas infelizmente só foi exibido no Japão. Todo mundo gosta de um personagem, e vocês poderão adquirir bonecos, brinquedos e roupas com os bazaristas do festival.

 

03/08 - Kooreeguusu é um molho de pimenta muito difundido em Okinawa. Ele tem esse nome porque é feito de pimenta de Koryo, que significa Coréia. A pimenta, que se parece um pouco com uma malagueta pequena, é imersa no destilado Awamori, assim obtendo o molho de pimenta. Assim, foi o Reino de Ryukyu, com seu intenso comércio na Ásia tem uma gastronomia variada. E você, gosta de gastronomia coreana? Sim! No no festival vamos ter não só 1, mas 3 barracas coreanas! No 63 Nikuya, 129 Yurii Produtos Orientais, 133 Snowfall 

 

02/08 - Sem dúvidas, uma das maiores inovações tecnológicas dos últimos tempo foi o sumahon, como é chamado o Smartphone no Japão. Mas mesmo sendo um país avançado, muita gente não tem sumahon, seja devido aos altos preços das assinaturas, ou desinteresse memso. Aqui no Brasil, podemos ver  que já virou ítem de primeira necessidade, com ele podemos usufruir de diversos serviços, como pedir comida, chamar um Uber, fazer um PIX. Mas o que é mais legal é que deu voz a todos, qualquer um pode ter seu canal de "televisão". Fizemos uma transmissão ao vivo em 2018 de todo o desfile dos 110 anos de imigração japonesa no Okinawa Festival.  Buscando no YouTube, encontramos muitos canais que fizeram videos de nosso festival por muitos anos. Então, selecionamos alguns e montamos esta play list para você seguir, curtir & compartilhar! AQUI . Neste 18º Okinawa Festival, que tal fazer uma reportagem para chamar de seu?

 

01/08 - Finalmente chegamos na semana do festival! Estamos preparando no canal no YouTube par transmitir flashs ao vivo, direto evento! Para receber notificações, se cadastre, acione o sininho e compartilhe com amigos!
Hoje subimos nosso comercial de 30 segundos. Clique aqui e confira!

 

31/07- A capital da Província de Okinawa é a cidade de Naha (narra). Algumas pessoas confundem com Nara, antiga capital japonesa entre 710 e 784. Um dos objetivos do Okinawa Festival é a integração de toda a comunidade japonesa no Brasil. Dessa forma, o Nara kenjinkai estará na barraca 132 - Nara Kenjinkai com onigirazu - lanche de arroz com recheio, robata (espetinho japonês) e cervejas artesanais com aroma de wasabi, gengibre ou yuzu. 
PS: O pessoal de Naha (Okinawa) estará na área cultural Expo Shichoson mostrando a cultura da cidade.!

 

30/07 - Amerika-yuu (アメリカ世) A era sob a qual Okinawa foi controlada pelos Estados Unidos após a Segunda Guerra Mundial (1945-1972), conhecida como Administração Civil dos Estados Unidos das Ilhas Ryukyu . Houve uma grande influência da cultura americana em Okinawa neste período, e ainda hoje há muitas "baladas" na região de Koza onde se integram os locais Uchinanchu e Americanos. De forma semelhante, os Uchinanchu do Carrão faziam seus "bailinhos" aos fim de semana, muitas vezes de forma bem caseira em garagens. Essa turma saudosista acabou por criar o departamento de dança de salão na AOVC em 2006. E aí vamos dançar? Para mais informações, prestigie a barraca  104 Dança de salão AOVC com chox cream, mochi com sorvete, bubble tea

 

29/07 -  Em nosso último Okinawa Festival, no longínquo ano de 2019, tivemos um Grand Finale com a música Shima Uta com o cantor japonês Kazufumi Miyazawa. Foi muito emocionante, as lágrimas corriam pelos olhos enquanto cantavam "Uuji no mori de anata to deai - Uuji no shita de chiyo ni sayonara - Shima uta yo kaze ni nori tori to tomo ni umi wo watare...". Mas o que é "uuji"? Uuji (údí) é cana de açúcar em uchináguchi. A cana de açúcar é um dos mais importantes produtos agrícolas de Okinawa, e do Brasil! Por isso, jovens empreendedores descedentes criaram o Cana Mania Natural , que tem o FROZEN DE CANA como carro chefe. Não conhece ainda? Visite a barraca 105 Cana Mania, experimente esta delícia refrescante e saia cantando "Uuji no mori de anata to deai ...." 

Atualização 05/08 : Especial: FROZEN DE CANA IMO - inspirados pelo "Beni Imo Taruto" que é um dos doces mais famosos de Okinawa, feito com a batata doce roxa (beni imo).

 

28/07 - Na capa da edição impressa do Jornal Nippon Já, ANO 01 – Nº 30 – SÃO PAULO, 28 DE JULHO DE 2022,  matéria do Rodrigo Meikaru: "Okinawa Festival acontece nos dias 6 e 7 de agosto". Assine o Nippon Já e fique por dentro das notícias da comunidade! 

 

27/07 - Uchináguchi (utiná-gutí) é  idioma de Okinawa. Alguns falam que é Okinawa hougen (Dialeto japonês de Okinawa), mas na verdade pela imensa diferença entre o idioma do Japão continetal e da Província de Okinawa, é considerado um idioma pela Unesco. O sentido de preservar um idioma pouco falado, é preservar nossa cultura. Já diziam: "Se esquecer seu idioma, esquecerá sua pátria." Além disso, as músicas tradicionais, minyo e koten foram compostas em uchináguchi. Por isso, a AOVC mantém o departamento de Uchináguchi, com reuniões regulares. Faça uma visita na barraca  74/75 Uchinaguchi – Chope OAK Artesanal e conheça a turma que está batalhando para que nossa pátria mãe nunca seja esquecida.

 

26/07 - O gueitebol (gateball) foi criado em 1947 no Japão por Eiji Suzuki. Suzuki tinha esse jogo originalmente concebido para crianças acima de tudo, mas os idosos estão entusiasmados com Gateball, porque esse esporte pode ser praticado mesmo em idade avançada. Na Vila Carrão, temos o Kyoyu Carrão Gateball, que tem 5 quadras para a prática do esporte, com esportistas de 10 a 100 anos! Foi criado em 1983 e está comemorando em breve, 40 anos. Os associados do Kyoyu estão com a barraca 93 com  o tradicional Yakisoba do gateball , guioza e espetinhos diversos.

 

26/07Okinawa soba é um tipo de macarrão produzido na província de Okinawa , Japão . Em Okinawa, às vezes é simplesmente chamado de soba (ou suba nos dialetos de Okinawa ), embora este termo japonês normalmente se refira a macarrão de trigo sarraceno no Japão continental. O macarrão de trigo grosso lembra mais a textura do udon e, quando servido na sopa, o caldo é mais parecido com o do ramen . O macarrão tende a ter uma seção transversal circular nas Ilhas Yaeyama e tende a ser ligeiramente achatado no resto da província de Okinawa . É servido em um caldo aromatizado com konbu (alga comestível), flocos de katsuobushi e carne de porco. As coberturas padrão são kamaboko (bolo de peixe), cebolinha fatiada e uma fatia grossa de san-mai niku cozido ( barriga de porco; lit. "carne de três camadas") ou soki (costelas de porco ) e geralmente guarnecidas com beni shōga (gengibre em conserva).  No Brasil, comumente são adicionados fitas de omelete.  Você poderá saborear Okinawa Soba do Fujinkai na barraca 100  - Departamento de senhoras da AOVC.

 

25/07 - O Goyá é um legume muito consumido em Okinawa e vários países asiáticos. No Japão era chamado de nigauri e nigagori, mas com o sucesso do goyá de Okinawa, a maioria começou a adotar esta denominção. Sua aparência é muio diferente, algo como um pepino espinhoso. O sabor é um tanto amargo, e isso o faz muito espcial. Suas propriedades nutricionais fazem dos moradores de Okinawa os mais longevos do mundo. Para levar esta iguaria para um festival, foi criado o Pastel de Goyá,  por Pastéis Okinawa na barraca 112.
 

25/07 - A Sociedade Beneficente Casa da Esperança “Kibô-no-Iê” é uma entidade sem fins lucrativos de assistência e amparo à pessoa com deficiência intelectual. Fundada por Koko Ichikawa em 1963, foi oficialmente reconhecida em 8 de janeiro de 1970 e hoje acolhe cerca de 67 adultos em sua sede, localizada em Itaquaquecetuba. Colabore com a KIBÔ, estará vendendo deliciosos pratos na barraca 115
Atualização 04/08 - Confirmado: Vai ter SONHO da KIBÔ sim senhor!!!

 

25/07Yatai são tipicamente carrinhos de madeira sobre rodas, equipados com utensílios de cozinha e assentos. Alças e assentos dobram-se no carrinho enquanto ele está sendo transportado.  

TAKOYAKI é o street food (comida de rua) mais antigo e popular no Japão. É um bolinho feito com farinha, água, ovos, caldo de peixe e camarão (dashi), recheado com pedaços de polvo e grelhados numa chapa redonda, finalizado com molho "souce" (molho inglês doce), maionese tradicional japonesa, pó de algas (aonori) e raspas de peixe (katsuobushi). Com um sabor peculiar que agrada não só os japoneses mas que cada vez mais é apreciado em outros países pelo seu sabor e experiência inigualável. No 18º Okinawa Festival teremos o Yatai do Takoya, na barraca 81. Não deixe de experimentar! 

 

22/07 - Você conhece Takoraisu? Ouvimos histórias de pessaos que quando viajaram para Okinawa, viram no cardápio um prato chamado takoraisu, e pensavam que era Arroz (raisu) de Polvo (tako). Mas... depois de alguma garfadas, sentiu um delicioso molho picante, com carne moída, alface picada, queijo e doritos sobre um arroz branco... epa... parece comida mexicana... e era mesmo! Após a 2a Guerra Mundial, Okinawa estava sob domínio americano. Os militares iam comer nos restaurantes de okinawanos, e não se adaptaram muito a culinaria oriental. Eis que na cidade de Kin, o dono de um restaurante viu que os americanos comiam Tacos, especialidade Texmex, aí juntou esta iguaria, ao arroz que criava o volume necessário para saciar a fome dos americanos! Venha conhecer e degustar esta delícia na barraca número 127 – Jyureikan Karate!

 

22/07 - O Jornal Nippon Já está apoiando nosso evento! Confira aqui

 

22/07 - Prestigiem as empresas que anunciaram conosco aqui

 

21/07 - O Jornal Utiná Press está apoiando nosso eveto! Confira aqui 

 

21/07 - Confiram nossos patrocinadores aqui

 

20/07 - Realizamos treinamento "Combate a incendio" com Bombeiro Flávio Vicente, e "Manipulação de Alimentos" com Consultora Sanitária Karen Kimura. 

 

19/07 - Iniciamos as obras no Manchester para instalações do Festival!

 

Comissão Organizadora